Fábrica têxtil da Figueira da Foz ameaçada de falência

Posted by

A fábrica têxtil UNITEFI, sediada em Carritos, Figueira da Foz, a última unidade industrial de confeções do concelho está sob ameaça de falência, lançando no desemprego 130 trabalhadores, disse ontem fonte sindical.

Os trabalhadores da UNITEFI reclamam ordenados em atraso de julho e agosto e subsídio de férias e, ao longo da tarde de ontem, reuniram em plenário, após uma delegação ter sido recebida pelo advogado da administração.

No final, em declarações à agência Lusa, Fátima Carvalho, dirigente do Sindicato do Setor Têxtil, Lanifícios e Vestuário do Centro, acusou a administração de “má gestão e administração financeira”, culpando-a pela atual situação da fábrica.

Versão completa na edição impressa

One Comment

  1. Rui Virgínio says:

    É lamentável e repugnante, acabaram com a vida de tantas pessoas que deram tudo pela fábrica. Segundo notícias foram entregues 3,5 milhões de euros será que não dá para pagar os ordenados, bem só se o dinheiro foi para comprar carros e outros.Em tempo de terramoto acaba-se com mais uma fábrica até pq o Concelho é dotado de tantas que então acabasse, o governo que fala tanto em cumprir pq é que as entidades competentes não investigam este crime?. Mas infelizmente é mais um caso de perdidos e não achados, sinceramente neste país só falta os trabalhadores trabalharem trabalharem de borla.Se a justiça funcionasse esta empresa como outras nunca fechariam mas já sabemos nada se faz.Como é possível um país falido ser o 19 mais rico do mundo, sou se for em falcatruas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.