Suspeitos de atear fogos na região Centro ficam em prisão preventiva

Foto Carlos Jorge Monteiro

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Centro, anunciou ontem a detenção de dois indivíduos, em Arganil e Oliveira do Hospital, pela prática do crime de incêndio florestal.

Em Arganil, no lugar de Barreiros, Sarzedo, o alegado incendiário, que vive sozinho, terá ateado o fogo, durante a noite do passado dia 14 para 15, “a um monte de feno situado num terreno em pousio, povoado com oliveiras, pereiras e erva seca”, atrás da sua habitação.

De acordo com a PJ, o suspeito, de 29 anos, madeireiro de profissão, “agiu num quadro de solidão e sob influência de álcool”, utilizando um isqueiro.

Entretanto, em Oliveira do Hospital, a PJ procedeu também à detenção de um homem, de 24 anos, agricultor, pela alegada prática do mesmo tipo de crime.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.