Dias muito divertidos à sombra da velha figueira estranguladora

O que mais os cativa é o espaço, claro. É impossível ficar indiferente à beleza do Botânico, como é impossível não ficar fascinado pela grandeza dramática da velha figueira estranguladora, à sombra da qual decorrem grande parte das atividades.

Uma destas tardes, tão quente como quase todas as que têm feito este início de agosto, fomos encontrar os petizes, em grande alvoroço, protegidos pela imensa copa verde e a prepararem-se para pintar – “sabe que nós fazemos tintas de cheiro, com chocolate e coisas assim….?” – os bonecos moldados numa massa que eles mesmo já tinham preparado.

No total, são 15 as meninas e os meninos que fazem mais uma sessão das Férias Criativas que, desde o verão de 2010, Joana Gonçalves e Susana Agostinho organizam naquele que é um dos mais magníficos espaços verdes da cidade.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.