Autarquia da Figueira da Foz abdica de estacionamento para evitar conflitos com empreiteiro

Posted by

Afinal, a Câmara da Figueira da Foz não abdicou dos 30 lugares de estacionamento na zona ribeirinha por ter de pagar trabalhos a mais no valor de 50 mil euros.

“O meu bom senso recomendou que se retirasse esse montante para não gerar conflitos em obra para se ganhar 30 lugares de estacionamento”, disse ontem o coordenador do projeto da regeneração urbana, Matos Rodrigues, na reunião de câmara.

“Se não houvesse condicionamento de prazos, a minha opinião seria a de obrigar o empreiteiro (Ramos Catarino) a demolir”, acrescentou, destacando que, “no limite, há 50 por cento de responsabilidade do dono da obra e 50 por cento do empreiteiro”.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.