Capital Criativo atenta à região Centro

Posted by

A sociedade Capital Criativo tem vindo a mapear um conjunto de empresas da região Centro que se traduzem em oportunidades de crescimento e desenvolvimento.

Em dois anos, a sociedade já observou mais de 200 empresas em todo o país. “Com este fundo já investimos em quatro e, provavelmente, não investiremos em mais do que sete ou oito até ao final do ano. Dessas, alguma poderá ser na região e, até, da cidade de Coimbra”, adianta Nuno Gaioso Ribeiro, sócio fundador e presidente do conselho de administração da Capital Criativo.

Ser uma zona geográfica relativamente pouco conhecida dos operadores – “que se concentram muito em Lisboa” –, e uma região onde se verifica um “subdesenvolvimento do tecido empresarial” são motivos para querer investir na região. Depois, existem “razões afetivas”: Nuno Gaioso Ribeiro estudou e viveu em Coimbra e acredita que a cidade tem características para ter um tecido empresarial mais robusto.

“Temos uma universidade que, apesar de tudo, tem um peso desproporcionado para aquilo que é a demografia da cidade (e isso é uma oportunidade), temos um polo de saúde que é um centro de excelência, temos um ordenamento territorial e uma qualidade de vida muito razoável quando comparada com o resto do país. Tudo isto deveria atrair empresas a um ritmo superior”, afirma.

Este interesse pela região Centro e, em particular, pela cidade de Coimbra, não é novo. Recorde-se que este ano, 49 por cento do capital social da ISA, Intelligent Sensing Anywhere, foi comprado por um fundo de capital de risco gerido pela sociedade Capital Criativo.

No entanto, na mira de Nuno Gaioso Ribeiro e dos restantes sócios (entre eles a Portugal Telecom e o grupo Promovalor) estão também empresas dos distritos de Aveiro, Viseu e Leiria e outros da região Centro.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.