Bombeiros Voluntários de Coimbra pedem dinheiro ao banco para pagar a funcionários

Posted by

Foto Carlos Jorge Monteiro

As dificuldades financeiras dos Bombeiros Voluntários de Coimbra, agravadas com o aumento dos encargos e diminuição dos apoios, forçaram este mês a instituição a contrair um empréstimo bancário para pagar os salários aos seus oito funcionários.

“Tem havido aumento dos encargos, com os combustíveis, a água e a eletricidade, e os apoios têm baixado muito”, disse à Lusa o presidente da associação de bombeiros, João Silva.

Para suprir essas dificuldades, dado que a opção foi “subordinar tudo à operacionalidade”, tiveram de recorrer ao banco para assegurar os salários, num contrato de crédito em que forneceram garantias pessoais o presidente, o vice-presidente e o tesoureiro da instituição.

João Silva espera que uma campanha há uma semana lançada aos cidadãos, pedindo “5 euros solidários”, assegure alguma liquidez para o mês de agosto, e que a Câmara possa transferir o apoio financeiro concedido, de 40 mil euros, “que se mantêm igual há vários anos”.

Versão completa na edição impressa

4 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.