Programação do Festival das Artes mantém qualidade elevada apesar das limitações orçamentais

Os tempos são de crise já se sabe e os cortes orçamentais atingem todos os setores sem exceção.

Ainda assim, não são as dificuldades que esmorecem os organizadores de mais uma edição – a 4.ª – do Festival das Artes de Coimbra, evento que ganha dimensão a cada ano e que já conquistou espaço na programação local, nacional e internacional até.

Com organização da Fundação Inês de Castro, o festival volta a ter como palco principal o magnífico enquadramento paisagístico da Quinta das Lágrimas, mas vai alargar a sua área de exibição a outros locais da cidade.

Depois da Noite, a Água e as Paixões, este ano são as Viagens que traçam o destino da realização, que esteve em risco de não se realizar, devido à falta de apoios estatais.

Versão completa na edição impressa

 

One Comment

  1. Angelina almeida says:

    Este ano o Festival das artes contempla também a pintura?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.