Bilhetes a 45 euros para ver Madonna em Coimbra criticados pelos fãs

Posted by

A montagem de infraestruturas para o concerto da cantora Madonna, que atua domingo em Coimbra, começou ontem. Às imediações do estádio do Calhabé começaram a chegar os primeiros camiões de material.

Até à próxima sexta-feira “não haverá corte de trânsito na rua [junto à zona poente e sul do estádio]. Temos três ou quatro elementos no local, poderá haver algumas condicionantes com as manobras dos camiões, mas muito pequenas”, disse à agência Lusa fonte da PSP de Coimbra.

Também ontem dezenas de fãs da cantora criticaram, na rede social Facebook, o preço dos bilhetes postos à venda a 45 euros, para o concerto, valor quase quatro vezes inferior ao inicial, noutros setores da mesma bancada.

Na página do Facebook do clube de fãs “Madonna x Portugal”, o anúncio da venda de bilhetes a 45 euros para dois novos setores entretanto surgidos nas bancadas inferiores, nascente e poente – inicialmente as mais caras, com lugares marcados a 170 euros cada –, foi alvo de comentários depreciativos e críticas dos utilizadores da rede social aos produtores do concerto.

Versão completa na edição impressa

 

6 Comments

  1. Ninguem mandou comprar bilhetes a 170€. Temos Pena

    • Henrique Costa says:

      Oh Rui, que comentário à terceiro mundo!!! Para ti quanto mais valer tudo melhor…. Por isso é que temos os politicos que temos, quem não é… temos pena!

      • Porque é que o comentário é "à terceiro mundo"? É a verdade! Quem queria mesmo ir, comprou o bilhete fosse a que preço fosse. Agora como a procura de bilhetes foi um fiasco comparativamente com o que eles pretendiam, vendem-nos ao preço da chuva. Sempre lucram alguma coisa a vende-los a 45€. Com os lugares vazios é que não lucram nada.

      • fãnzinho says:

        O que tu keres é aparecer, nem que seja a 170€!

  2. João Lima says:

    Folgo em saber que crise é uma cena que a muitos não assiste, uma vez que podem dar € 45 e pelos vistos até € 170 para assistir a um concerto!

  3. Eu não vou porque 45€ fazem falta quanto mais 170€, mas depois estas pessoas ainda se queixam que ganham mal e que não têm dinheiro… coitadinhos.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.