Administrador da Metro Mondego demite-se devido à “falta de respeito do Estado”

Foto Gonçalo Manuel Martins

O administrador não executivo da Metro Mondego, Carlos Ferreira, apresentou a demissão do cargo ao secretário de Estado dos Transportes.

“Não podia continuar a aceitar o que se está a passar. Compreendo as grandes dificuldades que Portugal atravessa, mas julgo que estes concelhos merecem um tratamento diferente daquele que têm tido ao longo da última década”, afirmou Carlos Ferreira, ontem, em declarações ao DIÁRIO AS BEIRAS.

Na carta enviada ao secretário de Estado Sérgio Monteiro, o ex-administrador critica a ausência dos representantes do Estado na última assembleia-geral da sociedade e na primeira reunião da comissão criada pelo Governo para recalendarizar as obras do projeto, iniciadas em dezembro de 2009, mas que continuam suspensas.

Versão completa na edição impressa

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.