Pena de prisão entre 14 e 19 anos para três arguidos acusados de homicídio qualificado em Seia

Posted by

O Tribunal de Seia condenou esta sexta-feira dois homens e uma mulher a penas de prisão entre 14 e 19 anos pelo crime de homicídio qualificado de uma idosa, ocorrido no ano passado naquele concelho.

O coletivo de juízes aplicou a pena de 19 anos de prisão, em cúmulo jurídico (um crime de homicídio qualificado e outro de furto), ao arguido Francisco Diamantino, considerado o autor material da morte de uma mulher de 79 anos, que vivia sozinha e num local isolado.

António Mendes, coarguido no processo, viu aplicada uma pena de 14 anos e seis meses (crime de homicídio qualificado, um crime de furto e outro de furto qualificado).

A arguida Maria Rosa Mendes foi condenada a 14 anos e três meses de cadeia por homicídio qualificado e furto qualificado.

A quarta arguida, Umbelina Vinagre, foi absolvida dos crimes de homicídio qualificado, coação agravada, furto qualificado e roubo agravado, por ser considerada inimputável.

(Texto: Agência Lusa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.