Colisão entre pesado e ligeiro no IP3 causa três mortos e um ferido grave

Posted by

Uma colisão entre um veículo pesado e um ligeiro provocou hoje três mortos e um ferido grave, no IP3, próximo de Santa Comba Dão, informou fonte dos bombeiros.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu, o acidente ocorreu às 09H47, próximo das bombas de gasolina, junto à ponte sobre o Mondego, ao quilómetro 75.

Os três mortos e o ferido serão, segundo a GNR, da zona da Guarda.

O trânsito no IP3 – que liga Viseu a Coimbra – está interrompido nos dois sentidos.

Ao local, para além das equipas do INEM, deslocaram-se os bombeiros de Santa Comba Dão, com diversos veículos, incluindo ambulâncias e de desencarceramento.

6 Comments

  1. Márcio Santos says:

    E também os Bombeiros de Mortágua com 10 homens e três viaturas…

  2. Márcio Santos says:

    No local estiveram também os Bombeiros de Mortágua com 10 homens e 3 viaturas!

  3. enquanto na estrada se comportarem como numa batalha isto vai continuar a acontecer… A questão está no comportamento das pessoas. Estes pagaram com a vida…

    • Sabe exatamente como foi o acidente,?? o que possa ter originado o acidente??? conhece as pessoas em questão?????? NÃO!!!!!!!!!!!!!!
      então não seja energumeno ao fazer um comentário destes que lhe fica mt mal….

  4. Quando o piso está molhado e já não chove há alguns dias a estrada torna-se muito perigosa, a condução tem de ser moderada. Quando se entra em despiste com o piso molhado dificilmente seguramos o carro. A IP3 é uma via sangrenta, vamos lá ter calma na estrada…

  5. J. A. Neves says:

    Continuamos sem ter um separador central ao longo de todo o IP3. Com a introdução deste em grande parte do troço os choques frontais deixaram de existir, caindo a pique a frequência de acidentes desta natureza e mortes consequentes.
    Um Bem Hajam aqueles (Bombeiros/ INEM) que vão em Nosso socorro nestas situações.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.