Polícia Judiciária investiga morte de idoso nas Berlengas

Posted by

Foto Luís Carregã

O corpo de Arijemiro Jorge Maia foi encontrado a meio da tarde de ontem, a cerca de quatro quilómetros da sua residência, em Berlengas, na Tocha.

Antes disso, as autoridades já tinham encontrado o carro da vítima, de 91 anos, numa lagoa, a três quilómetros da habitação.

É preciso recuar até terça-feira para perceber alguns dos contornos do presumível homicídio. Depois de ter recebido as felicitações do Dia do Pai (que se celebrou na segunda-feira), Arijemiro Jorge Maia não terá falado com mais ninguém.

A sua companheira – que estava em Lisboa, segundo o filho – terá tentado contactar Arijemiro Maia. Como não conseguiu, ligou a um dos filhos a dizer que “já tinha tentado várias vezes falar e que o telefone chamava e ninguém respondia”, acrescentou, ontem, ao DIÁRIO AS BEIRAS o filho da vítima.

Versão completa na edição impressa

 Texto de Rute Melo

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.