Deputado PS não quer verbas do QREN para ponte sobre canal central na ria de Aveiro

Posted by

DR

O deputado socialista Filipe Neto Brandão quer que o ministro da Economia esclareça “se vai permitir a alocação de verbas do QREN” para a ponte sobre o canal central, em Aveiro, “obra pública de utilidade duvidosa“.

O deputado eleito por Aveiro, em requerimento dirigido a Álvaro Santos Pereira, salienta que o projeto da Câmara de Aveiro (PSD/CDS-PP) de construir uma ponte pedonal sobre o principal canal urbano da Ria “está a ser alvo de forte contestação cívica na cidade” e que o argumento para a sua execução, “por parte de uma das mais endividadas autarquias do país, reside precisamente na existência de uma comparticipação financeira comunitária”.

Filipe Neto Brandão interpela o ministro no sentido de saber se vai manter a coerência com as palavras que proferiu no plenário parlamentar, ao afirmar que “em vez de utilizar os fundos do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional) para obras públicas de utilidade duvidosa”, serão reorientados para o combate ao desemprego.

A obra tem sido contestada pelo “Movimento Cívico Por Aveiro”, que recolheu várias iniciativas de protesto e levou centenas de pessoas a comparecerem numa reunião de Câmara para tentar demover a autarquia de concretizar o projeto.

Os responsáveis daquele movimento promoveram também várias iniciativas junto dos poderes públicos para travar a construção da ponte e, na posse de um parecer jurídico que põe em causa a legalidade da obra, admitem recorrer às vias judiciais.

Para o presidente da Câmara de Aveiro, Élio Maia, a contestação surge “tarde e a más horas”, depois de três anos em que o projeto foi divulgado por várias formas.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.