Antigas SCUT do interior perdem oito mil viaturas por dia

Posted by

 

As antigas SCUT do interior, portajadas desde 8 de dezembro, perderam quase oito mil viaturas por dia no último mês de 2011, indica um relatório do Instituto Nacional de Infraestruturas Rodoviárias (INIR).

Segundo o documento, relativo ao movimento nas autoestradas no quarto trimestre de 2011 e divulgado este mês, as três concessões do interior Centro perderam, no total, 7.906 viaturas em cada dia do mês de dezembro.

Na A23, da concessão da Beira Interior, o último mês de 2011 traduziu-se numa quebra de 30,9 por cento. Após a introdução de portagens, aquela via passou de um Tráfego Médio Diário (TMD) de 11.489 para 7.942 viaturas (menos 3.547).

Contudo, indica o mesmo relatório do INIR, a quebra já se tinha acentuado anteriormente, com menos 10,9 por cento do tráfego em outubro (face ao mesmo mês de 2010) e em novembro, com menos 14,3 por cento.

No caso da A24, da concessão Interior Norte, o mês de dezembro representou uma quebra no movimento diário de 29,6 por cento, com um total de apenas 4.641 viaturas.

Ou seja, menos 1.952 viaturas percorreram aquela autoestrada após a introdução de portagens. Contudo, em outubro (menos 12,2 por cento) e em novembro (menos 15 por cento) também já se tinham registado quebras.

Na A25 (Beira Litoral/Beira Alta), o último mês de 2011 contabilizou um TMD de 10.861 face às 13.241 viaturas de 2010. Ou seja, uma quebra homóloga de 18 por cento.

Apesar de perder 2.380 viaturas por dia em dezembro, a descida no movimento registou-se ainda em outubro (menos 8 por cento) e em novembro (menos 13,1 por cento).

Cenário semelhante verificou-se na Via do Infante (A22) movimentou diariamente, em dezembro de 2011, 6.528 viaturas, correspondente a uma quebra, face a 2010, de 48,4 por cento.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.