Septuagenária morta por “objeto contundente” em Sernancelhe

O Comando-Geral da GNR esclareceu este sábado que a septuagenária encontrada sem vida em Sernancelhe, Viseu, terá sido morta com “um objeto contundente” e não à facada, como anteriormente foi divulgado pelas autoridades.

O oficial de serviço ao Comando-Geral da GNR, em Lisboa, explicou que os dados recolhidos na casa onde ocorreu o homicídio, de cujo suspeito principal é um familiar, apontam para que a idosa tenha sido golpeada com um objeto contundente, suspeitando as autoridades que se trate de “uma cadeira”.

A mesma fonte adiantou que o suspeito do homicídio se encontra na zona e que ainda não foi detido por ainda “não estarem recolhidos os elementos de prova que concluam a sua culpabilidade”.

No local do crime está desde a tarde de sábado uma equipa dos homicídios da Polícia Judiciária, a fazer precisamente a recolha de elementos de prova, em colaboração com a GNR.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.