Pedidos de ajuda aumentaram nos últimos três meses na Figueira da Foz

O desemprego tem sido um forte motivo para muitos casais, mas não só, se deslocarem à delegação da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) da Figueira da Foz em busca de algum conforto e ajuda.

Diariamente, 50 pessoas usufruem do refeitório social da delegação, que recentemente viu aumentar o número de pedidos de ajuda, em termos alimentares e vestuário.

“Notamos muitas situações de pessoas desempregadas. Às vezes é um casal com filhos, que tem a renda em atraso e cuja situação se complicou”, diz Isabel Meireles. “Hoje os motivos mais fortes são o desemprego e as famílias que sobrevivem do Rendimento Social de Inserção”, refere a técnica superior de Serviço Social da CVP da Figueira da Foz.

No entanto, a estas situações juntam-se ainda os casos de utentes que não sabem gerir muito bem o dinheiro.

Versão completa na edição impressa de 28 de dezembro do DIÁRIO AS BEIRAS

One Comment

  1. Onde está a camara municipal, deveria ajudar também mas só se lembra quando há eleições e ai oferecem canetas, chapéus ,e demais bugigangas, no entanto numa altura destas de caos social e económico conseguimos ver qual o papel da camara mas enfim.
    Em tempos de crise surgem sempre algumas oportunidades e a autarquia deve ter a capacidade de as encontrar e não esconder-se juntamente com a oposição a descutir sabe-se lá o que.Deixo aqui uma pergunta que nunca foi dada por este executivo. O que estão a fazer para atrari investimentos para a criação de postos de trabalho? Locais para investir não faltam, basta sairem do quente do gabinete e fazer o que outras autarquias fazem, a FGT não serve para nada seria uma boa ideia de coloca-la também a poromover a cidade para trazer investimento e não armar uma tenda junto da p praia que dura uma noite e não traz nada para o futuro dos figueirenses.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.