Cortes serão terramoto para as freguesias diz presidente da ANAFRE

Spread the love

Foto Carlos Jorge Monteiro

O presidente da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), Armando Vieira, disse à Lusa que os cortes previstos, no âmbito da proposta preliminar do Orçamento do Estado para 2012, serão um terramoto para as finanças das freguesias.

“Estamos ao nível da insustentabilidade no plano financeiro, de indigência até, e qualquer pequena descida, por pouco que seja, de 5, 6 ou 7 por cento – fala-se neste valor – é um terramoto para as finanças das freguesias”, sublinhou o autarca.

As declarações de Armando Vieira foram realizadas à entrada para a reunião dos autarcas social-democratas que decorre em Leiria e conta com a presença primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e do ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas.

O presidente da ANAFRE diz que a reorganização administrativa do território  não é necessária, mas que, a concretizar-se, terá de ser “com a adesão voluntária dos autarcas e das populações”.

O autarca diz acreditar, contudo, que o Governo está sensível a toda esta problemática”.

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.