Escola de Artes do CAE vai ter aulas de música

Posted by
Foto Jot’Alves

A saída da Vortice Dance não vai deixar a Quinta das Olaias sem artistas. Segundo o vereador da Cultura adiantou ao DIÁRIO AS BEIRAS, o imóvel municipal vai continuar a “respirar” arte, já a partir de finais do corrente mês ou início de outubro.

Mas com permanências mais curtas, coincidindo com as residências artísticas no Centro de Artes e Espetáculos (CAE). “A Quinta das Olaias vai ser uma residência de artistas”, disse António Tavares.

No entanto, o autarca assume que a prioridade vai para reabertura da escola de artes do CAE, que era frequentada por 120 alunos. Recorde-se que a antiga companhia de dança residente do CAE saiu no início de agosto, no seguimento da demissão de Rafael Carriço da direção artística da sala de espetáculos, que acabou por encerrar a escola de artes que explorava no equipamento municipal.

Versão completa na edição impressa do DIÁRIO AS BEIRAS de 20 de setembro

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.