Produção da indústria automóvel cresce 30,4 por cento em maio

A produção automóvel em Portugal cresceu em maio 30,4 por cento, face ao mesmo mês do ano passado, para 17.792 veículos, divulgou esta terça-feira (14) a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

A ACAP justifica o acréscimo em maio com o crescimento de 40 por cento da produção de ligeiros de passageiros e de 8,8 por cento da produção de comerciais ligeiros, tendo em conta que a produção de veículos pesados teve uma variação homóloga negativa de 22,3 por cento.

Quanto à produção por fábricas, com a exceção da Autoeuropa que cresceu 52,7 por cento, todas as restantes unidades a operar em Portugal registaram decréscimos do número de unidades produzidas em maio.

Do total de veículos produzidos em maio 17.423 unidades destinaram-se à exportação, representando 97,9 por cento da produção nacional e mais 31,3 por cento do que o número de veículos exportados no mesmo período do ano anterior.

Em termos de valores acumulados, a produção automóvel no primeiro trimestre do ano cresceu 30,4 por cento, face ao mesmo trimestre do ano anterior, o que foi determinado pelo crescimento da produção de veículos ligeiros de passageiros (36,6 por cento) e de veículos comerciais ligeiros (16,9 por cento) sendo que a produção de veículos pesados baixou um por cento.

One Comment

  1. A. Santos says:

    Pelo menos temos a consolação de a mão de obra ser, na Autoeuropa, quase na totalidade portuguesa, uma vez que se trata duma firma alemã que, portanto, goza do privilégio da economia alemã estar em alta, o que já não sucedia desde a reunificação daquele país (Alemanha).

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.