Incubadora de Empresas de Base Rural nasce em Idanha-a-Nova

DR

A Câmara de Idanha-a-Nova vai acolher a partir deste ano projetos de jovens agricultores que se queiram instalar nos 530 hectares da Incubadora de Empresas de Base Rural do concelho, anunciou a autarquia.

O município, a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC) e o Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) assinaram hoje os contratos e protocolos de criação da incubadora.

A estrutura vai entregar parcelas de terreno da Herdade do Couto da Várzea que pertencem ao Ministério da Agricultura e eram campos de experimentação agrícola, mas que deixaram de ser utilizados.

O município vai pagar 50 mil euros por ano pelo arrendamento dos terrenos, “um valor vantajoso”, considera o presidente Álvaro Rocha, para que ali se possam “viabilizar boas ideias”.

As condições de instalação de cada projeto serão definidas “caso a caso”, consoante a mais-valia de cada um, salientou, destacando que o objetivo “é dar condições mais atrativas que o habitual”.

O regulamento para atribuição de terrenos deverá estar concluído em julho para que possam ser apresentadas candidaturas e para que o primeiro projeto possa estar no terreno “no mês de outubro”, destaca.

Segundo o autarca, já há projetos “em fila de espera”, que serão analisados por uma comissão tripartida, formada pela autarquia, Direção Regional e IPCB.

A maioria dos terrenos é abrangida por regadio e a incubadora, além de arrendar a terra “vai fornecer assessoria técnica, através do IPCB e da DRAPC, num modelo que vai ser aplicado pela primeira vez em Portugal”, destacou Rui Moreira, diretor regional de Agricultura do Centro.

Carlos Maia, presidente do IPCB, acredita que o projeto vai fornecer “condições ímpares” para instalar jovens agricultores na região.

No caso, o politécnico participa no projeto através da Escola Superior Agrária de Castelo Branco, “que dará o suporte científico aos novos agricultores”, que poderão ser eles próprios finalistas da instituição, sublinhou.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.