Listas candidatas à Académica admitidas mas sujeitas a retificações

As duas listas candidatas às eleições da Académica foram admitidas esta terça-feira (24) a sufrágio, mas deverão proceder a algumas retificações, segundo decisão da comissão eleitoral, publicada no site oficial do clube.

Na lista A, liderada por José Eduardo Simões, atual presidente, Pedro Marcelino (membro suplente do Conselho Fiscal) terá de ser substituído, uma vez que não tinha pago as quotas referentes ao mês de abril, ou comprovar, no prazo de 48 horas, que tinha a sua situação regularizada até à data da entrega das listas.

Na lista liderada por Maló de Abreu (B), Nuno Oliveira (suplente da direção) não tinha as quotas em dia, bem como Pedro Acúrsio (do Conselho Fiscal), não reunindo as condições de elegibilidade, pelo que dispõem de 48 horas para comprovar que tinham pago as quotas de abril até à data da entrega das listas. Além disso, Maló de Abreu terá ainda de esclarecer quais os elementos que são efetivos e quais os suplentes, na lista que apresentou ao Conselho Académico.

O caso de Victor Baptista foi também analisado, mas, como entre a afixação dos cadernos eleitorais e o prazo de entrega de listas, aquele candidato a vice-presidente na lista de Maló de Abreu pagou os três anos de quotas em atraso, a Comissão elitoral decidiu aceitar a sua inclusão nas listas, apesar de não poder votar.

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.