Câmara de Proença-a-Nova garante 450 mil euros para projetos sociais

DR

A Câmara de Proença-a-Nova e o centro distrital de Segurança Social de Castelo Branco assinaram um protocolo que prevê a atribuição de 450 mil euros para projetos sociais, anunciou a autarquia.

O Contrato Local de Desenvolvimento Social associado ao financiamento garante a continuidade de projetos já iniciados com o mesmo tipo de apoios financeiros.

São os casos da Bibliomóvel, que leva livros às freguesias mais isoladas daquele concelho do Pinhal, do banco solidário, banco de voluntariado e unidade móvel de saúde, entre outros serviços.

“Apesar da consciência que temos da necessidade de proceder a cortes, a questão social é sempre premente”, destaca o presidente da Câmara, João Paulo Catarino, em comunicado.

Os contratos locais de desenvolvimento social destinam-se a apoiar a intervenção em quatro eixos principais – emprego e formação, intervenção familiar, capacitação da comunidade e informação.

O financiamento tem um limite de 150 mil euros por ano, num total de 450 mil nos três anos de vigência do contrato.

A Pinhal Maior é a entidade coordenadora do projeto, enquanto a Câmara Municipal é a entidade executora.

Proença-a-Nova passou a ser o quarto concelho do distrito com contrato local, depois da Sertã, Fundão e Idanha-a-Nova.

 

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.