Tribunal de Nova Iorque decide se confissão de Renato é válida

DR

Renato Seabra é ouvido hoje no Supremo Tribunal de Nova Iorque e deve manter a declaração de inocência. Para tal, a defesa – assegurada por David Touger – vai procurar anular a confissão da morte de Carlos Castro.

O jovem de Cantanhede mantém-se internado no hospital psiquiátrico de Bellevue, o que leva os familiares a pensar que o estado de Renato é mais grave do que inicialmente se poderia pensar. “Continua internado e, muito provavelmente, sob efeito de medicação”, disse ao DIÁRIO AS BEIRAS José Malta, cunhado do modelo. Se o advogado de defesa conseguir apresentar relatórios médicos que declarem a insanidade temporária de Renato, tal poderá implicar uma pena abaixo de 25 anos de prisão.

Versão completa na edição impressa

8 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.