Visitas guiadas e ateliês temáticos enchem os dias no Jardim Botânico

As cores variam entre o verde intenso e o vermelho vivo das folhas que persistem ou continuam a cair das árvores. Mas o fascínio é o mesmo de um claro dia de primavera. Nos dias frios que correm, o Jardim Botânico da Universidade de Coimbra (UC) oferece-se a todos em propostas diversas e, algumas, certamente irresistíveis.

Para lá dos chás que os especialistas ensinam a descobrir, o Botânico apresenta-se como espaço “sagrado” da biodiversidade – agora que as Nações Unidas declararam 2011-2020 a década especialmente dedicada à diversidade biológica no mundo –, mas também da descoberta dos grandes grupos vegetais em “A alga que queria ser flor”. Com a celebração do 14 de fevereiro e do Carnaval (perfumado), destaque ainda para o Curso de Apicultura que se propõe a todos. A intenção é partir à descoberta do mundo fascinante das abelhas.

A mata do Botânico, também porque habitualmente encerrada, é um dos seus espaços de maior fascínio. Quem nunca a visitou, saiba que pode fazê-lo agora, num passeio temático destinado a todos os públicos. A intenção é desvendar o espaço, a estender-se em cerca de nove hectares de área verde e recantos a fazerem lembrar outras grandes manchas florestais, só que no interior da cidade.

No percurso pela mata, especial atenção merecem o teixo, árvore tão venenosa como medicinal, a magnífica “catedral” de bambu e a Capela de S. Bento, mas também a maior pinha do mundo…

Todas as iniciativas exigem marcação prévia no Gabinete do Jardim Botânico (de segunda a sexta-feira, das 09H00 às 17H30) ou através do telefone 239 855233 ou do email jardim@bot.uc.pt.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.