Na Solum está a nascer um centro escolar do século XXI (com fotos)

Posted by

“É uma escola preparada para o século XXI… e XXII”. A frase pertence ao presidente da câmara, João Paulo Barbosa de Melo, e foi proferida depois de uma visita às obras dos dois novos edifícios do centro escolar da Solum. Um projeto que arrancou em julho do ano passado e que entrará em funcionamento no início do próximo ano letivo.

E a julgar pela qualidade da intervenção, o concelho passará a dispor de um centro escolar moderno e tendo em conta as múltiplas questões ambientais. Por exemplo, a arquiteta Teresa Freitas explicou à entrada da visita que a formatação do edifício em L aberto e virado para Sul/ Nascente permitirá, por exemplo, a entrada de luz natural durante o período das aulas. Ou, por outro lado, a coincidência do recreio coberto com o percurso da entrada principal do centro. “É, no fundo, a escola a adaptar-se aos pais e alunos, e não o contrário”, disse o autarca.

O edifício principal contará com as grandes áreas de utilização comum: a sala polivalente/refeitório, a copa, a sala de trabalho dos professores, a sala de atendimento dos pais (rés-do-chão), biblioteca e sala de professores (piso superior). O recreio, por exemplo, foi formatado para conter áreas de correr e brincar, com árvores de sombra, um polidesportivo coberto e zonas verdes.

O novo centro escolar ocupará apenas um sexto do terreno e foi projetado de forma a “aligeirar a massificação ocupacional” da zona e, por outro lado, ser uma escola “inserida dentro de uma enorme jardim público”. Um espaço verde com o dobro da área do centro escolar, aberto ao público em geral e com um parque infantil e uma estação de vitalidade/circuito sénior.

9 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.