Eduardo Melo contra transformação da UC em fundação e espera contar com novo reitor

Foto Gonçalo Manuel Martins

O presidente da Associação Académica de Coimbra (AAC) defendeu hoje (15) que o novo reitor da Universidade deve ter em atenção a qualidade e o empreendedorismo e advertiu que se oporá à transformação da instituição em fundação.

Em conferência de imprensa, Eduardo Melo lembrou que o novo reitor, João Gabriel Silva, eleito ontem (14) para o cargo, admitiu “algumas vantagens” na transformação da Universidade em fundação, mas para a AAC “as desvantagens são maiores que as vantagens”.

O dirigente estudantil prometeu estar “vigilante” e desencadear “uma batalha” contra quem defender a transformação em fundação, e particularmente contra o Conselho Geral da Universidade de Coimbra, a que compete decidir, se essa for a sua inclinação.

“Tem muitos perigos escondidos”, sustentou Eduardo Melo, frisando que abre a porta à entrada a investimentos privados, o que “pode ser perigoso para a autonomia e a nível pedagógico” e “desresponsabiliza o Estado”.

Para o presidente da AAC, a Universidade de Coimbra “não pode ser gerida como uma empresa, porque é algo que não é”.

One Comment

  1. Grenoble2k6 says:

    o que as pessoas exteriores à Universidade de Coimbra, é que estes meninos andam sempre nas bebedeiras e principalmente não pagam propinas!Isso devia ser averiguado pelo Ministério Público…os milhões que o Estado perde anualmente com esquemas desses!

  2. Sobscrevo inteiramente o comentario acima descrito e acrecento apelando a todos os restaurantes da zonas entre Coimbra e Guarda a beira da estrada N17 que ofereçao a sobremesa e o cafe a todos os conductores que parem para almocar nessa zona para ver se as scuts ficam dsertas e assim deixar lugar para qem teve a iniciativa de fazer pagar estas vias e lá montarem nas bermas umas mesinhas para venderem amendoins e salgadinhos e assim fazerem receita para pagar a despesa dssas vias.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.