José Guilherme quer vencer domingo o “super-Benfica”

Foto Luis Carregã

O treinador da Académica, José Guilherme, afirmou que a sua equipa vai tentar “bloquear” e “vencer” o “Super-Benfica“, domingo, no Estádio Cidade de Coimbra, em jogo da 16.ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

“Vamos enfrentar o Benfica e tentar dificultar-lhe a vida, bloqueando-o logo de início. Sabemos que está num excelente momento de forma, muito bem em termos organizativos e anímicos, mas o que nós queremos é a vitória”, começou por dizer o técnico dos “estudantes”, em antevisão ao encontro frente aos atuais campeões nacionais.

Nunca definindo qual a tática de jogo que vai pôr em prática, o timoneiro da “Briosa” assegurou que vai “tentar explorar algumas fragilidades” do adversário e “bloquear as suas potencialidades”.

Questionado como o iria fazer, respondeu apenas “com as coisas positivas da Académica”, à semelhança do primeiro jogo da época no Estádio da Luz (vitória por 2-1), acrescentando que “só se trava um super-Benfica com uma super-Académica”.

Já sobre a eventualidade da sua equipa sofrer muitos golos, José Guilherme reiterou que o que está em causa não são os golos, mas os pontos que se ganham ou deixam de se ganhar.

“É um jogo que vale três pontos. Se ganharmos tanto melhor; se empatarmos, ganhamos um ponto; se perdermos deixamos de ganhar qualquer ponto”, acrescentou.

Lamentou ter ainda pouco tempo de treino à frente da equipa (cerca de três semanas) para tantos jogos que tem já neste mês (três para o campeonato e dois para a Taça de Portugal), embora tenha traçado o primeiro objetivo: a manutenção, com 27/28 pontos.

“A primeira semana foi de adaptação à equipa, a segunda de correção e a terceira é de jogos, jogos, jogos…Quando surgir um novo espaço temporal, iremos melhorar e poderemos reformular os nossos objetivos”, considerou.

Por fim, disse estar satisfeito com todos os jogadores, embora não possa contar com Orlando e Nuno Coelho, por lesão, e Hugo Morais, por castigo para o jogo de domingo, além do médio costa-marfinense Amessan, ainda retido no seu país por questões burocráticas.

A Académica defronta no domingo o Benfica, no Estádio Cidade de Coimbra, às 20H15, sob arbitragem de Elmano Santos, da Madeira.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.