Assembleia Municipal da Figueira da Foz aprova saneamento financeiro da câmara

Posted by

A Assembleia Municipal da Figueira da Foz aprovou hoje o Plano de Saneamento Financeiro (PSF) da câmara e respetivo empréstimo, de 31 milhões de euros.

Com uma votação favorável expressiva – 26 votos a favor e oito abstenções, as do PSD – o documento já tem luz verde para seguir para o Tribunal de Contas, a quem cabe viabilizar ou inviabilizar a proposta do executivo socialista de João Ataíde.

Recorde-se que o PS, com 18 elementos, precisava de 23 votos favoráveis para aprovar o documento. E até conseguiu obter o “sim” dos cinco deputados independentes da Figueira 100%, que iam abster-se, porque o presidente da câmara concordou com a proposta apresentada por aquela força política, e igualmente defendida pelo (único) eleito do Bloco de Esquerda, João Paulo Tomé.

A referida proposta pretende, objetivamente, que o orçamento deste ano seja congruente com os princípios do orçamento financeiro da câmara. Todos os deputados municipais votaram a favor, exceto os oito elementos do PSD que se abstiveram. A liderança do partido deu liberdade de voto aos seus nove presidentes de junta, que a utilizaram votando favoravelmente.

O citado empréstimo destina-se a pagar dívidas de curto prazo já vencidas. João Ataíde, respondendo ao social-democrata António Padrão, adiantou que em breve será divulgado o estudo sobre as cinco empresas municipais. Mas avançou que a extinção de todas elas não é preconizada pelo documento.

Registe-se que a autarquia deve mais de 90 milhões de euros, com as dívidas das empresas municipais incluídas. O empréstimo de 31 milhões que acompanha o PSF destina-se a pagar dívidas de curto prazo já vencidas. O passivo é um legado dos três executivos “laranja”, que traduz uma “má gestão financeira e um excesso de despesa corrente, segundo disse João Ataíde.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.