Câmara da Figueira e Junta de Maiorca podem organizar festival de curtas

Posted by

Depois de meio ano de trabalhos de remodelação, a cargo de voluntários, o Palácio Conselheiro Lopes Branco, em Maiorca, abriu finalmente as portas, no fim de semana. A feira do livro, que “superou as expetativas” do presidente da junta Filipe Dias, serviu de pretexto para que os maiorquenses visitassem o restaurado piso inferior daquele espaço.

A partir de agora, o edifício está apto a receber diversas iniciativas, desde exposições a oficinas de troca de saberes. Sábado(11), cinco maiorquenses, jovens na sua maioria, foram homenageados por elevarem o nome da freguesia, através do seu trabalho.

Nessa noite, o vereador da Cultura lançou o repto: “a câmara está disponível para associar-se a Maiorca na organização de um festival de curtas-metragens e documentários”. António Tavares deixou ainda a promessa de levar um escritor a uma das salas daquele espaço, no âmbito das “5. ªs de Leitura”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.