Providência cautelar pode adiar congresso distrital do PS

Posted by

Mário Ruivo foi ontem, oficialmente, declarado presidente da Federação Distrital do PS/Coimbra. A sua entronização pode, no entanto, ser adiada, se o Tribunal Constitucional der provimento a uma providência cautelar, interposta pela candidatura de Victor Baptista.

A vitória de Ruivo foi, definitivamente, ratificada já durante a madrugada, por deliberação da Comissão Nacional de Jurisdição (CNJ). Como se esperava, este órgão revogou a decisão da comissão distrital, que ordenara a repetição de eleições numa dezena de secções.

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.