Nerlei defende internacionalização das empresas

A Associação Empresarial da Região de Leiria defendeu hoje a internacionalização das empresas como uma das medidas de combate à crise, afirmou o presidente José Ribeiro Vieira.

As medidas previstas no Orçamento do Estado para 2011 (OE2011) vai “afetar não só as empresas como as pessoas em geral”, constatou à Agência Lusa José Ribeiro Vieira.

Por isso, o presidente da Associação Empresarial da Região de Leiria (Nerlei) considerou que a internacionalização é uma das soluções para as empresas superarem as dificuldades do mercado interno, que apontou como principal visado nas medidas de contenção.

Segundo o empresário, a subida do IVA vai aumentar o preço das mercadorias, logo o “consumo interno vai baixar”, o que obriga “as empresas a apostar nas exportações e até mudarem-se para o estrangeiro, porque aqui o IVA não se aplica”, acrescentou.

O mercado espanhol pode ser uma solução. Apesar de Espanha também estar em crise, “possui cerca de 45 milhões de consumidores, que é muito mais dos cerca de dez milhões de portugueses”, salientou José Ribeiro Vieira.

A fusão de empresas é outra solução apontada pelo presidente da Nerlei, que alertou os empresários para não ficarem demasiado dependentes do mercado interno. “Se se voltarem para o exterior poderão fazer crescer o seu volume de negócios”.

José Ribeiro Vieira admitiu que a internacionalização das empresas pode contribuir para o aumento do desemprego em Portugal, mas garante que “não há outra solução”.

O empresário lembrou também que Portugal está “atravessar um período de transição geracional, com mão de obra pouco qualificada e competitividade reduzida comparando com países desenvolvidos”. Além disso, existe “muita iliteracia e baixa cultura geral”, pelo que “estamos a pagar por isso”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.