Plantel do Tourizense ajuda jovem de Tábua com leucemia

Não é um caso assim tão comum nos dias que correm, mas na pequena aldeia de Touriz, concelho de Tábua, há uma equipa de futebol que continua a dar que falar pelos melhores motivos.

Desta vez, não falamos de resultados desportivos, mas sim de uma daquelas causas que, certamente, ficará na memória por muito tempo. Pelo menos, na da família Pereira.

Joana, de 18 anos, é uma das muitas jovens da sua idade que entrou este ano para o ensino superior. Setembro podia (e devia) ser de alegria, de brincadeiras, de praxes e de conhecer novos amigos.

No entanto, o mês de agosto trouxe notícias profundamente tristes para esta jovem. “No dia 8 de agosto ela sentiu-se mal e foi ao hospital. Foi-lhe detetada uma leucemia aguda”, conta ao DIÁRIO AS BEIRAS a tia, Anabela Pereira.

Nesta altura, Luís Pereira, pai da Joana, vive em Santarém, mas é um filho de Tábua. Foi aí que, há 20 anos, como outros jovens, também se dedicou ao futebol. Jogou no Tabuense e também no Tourizense.

Foi também nessa altura que conheceu Jorge Alexandre, actual presidente do clube de Touriz e o próprio treinador, Tó Margarido. Estavam assim reunidas as condições para que este clube se sensibilizasse com o problema da jovem Joana, com o plantel a submeter-se a testes de compatibilidade.

“Foi um gesto bonito”

Anabela Pereira não deixa passar em claro a ajuda dos jovens futebolistas de Touriz. “Muitos deles não me conhecem, nem ao meu irmão. Se calhar já ouviram falar de um tal de Pisco, como era conhecido, que andou por lá a jogar, mas não quiseram deixar de ajudar. Foram a Coimbra fazer os testes e no seu próprio carro”, conta ao DIÁRIO AS BEIRAS.

Dia 31 de outubro, em Tábua, há nova recolha de sangue para encontrar mais dadores, na esperança que algum possa ser compatível. No entanto, os compromissos com o futebol podiam impedir os jovens do Tourizense de participar. A jogar pelo seguro, já fizeram os testes no Centro de Histocompatibilidade Coimbra, na quinta-feira.

Resta agora à família e a esta jovem de 18 anos, que apareçam mais pessoas solidárias.

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.