Hotéis com capacidade esgotada devido a concertos dos U2

Os principais hotéis da área de Coimbra têm na sua maioria a capacidade esgotada no primeiro fim-de-semana de Outubro, devido aos dois concertos dos U2 no Estádio Cidade de Coimbra no dias 2 e 3.

O Vila Galé Coimbra, que abriu este ano na Baixa da cidade, com 229 quartos, 18 dos quais são suites, já não tem qualquer vaga de alojamento para aquele período.

“Tivemos imensa procura para essa altura”, disse uma fonte da unidade hoteleira à agência Lusa, indicando que os preços foram agravados em 50 por cento tendo em conta a previsível afluência a Coimbra de milhares de pessoas que para assistirem aos espectáculos da banda rock.

Celina Santos admitiu que houve, entretanto, “alguns cancelamentos, mas poucos”, os quais prevê que venham a ser colmatados por outros clientes.

“Nós já temos tudo completo”, corroborou, por seu turno, uma fonte do Tivoli, também na Baixa de Coimbra, próximo do Palácio da Justiça e da Rodoviária da Beira Litoral.

Este hotel, com 100 quartos, cinco dos quais são suites, aumentou 30 por cento o preço dos quartos para o fim-de-semana de actuação dos U2.

Nesse período, os clientes pagam pelos quartos individuais 150 euros por dia, enquanto os duplos custam 160 euros.

Também na cidade balnear da Figueira da Foz, a 50 quilómetros de Coimbra, se verificam lotações esgotadas em muitos hotéis.

É o caso do Ibis, que não aumentou os preços por causa do concerto dos U2. “Estamos completos”, informou uma fonte da empresa.

Na época alta, entre 16 de Julho e 31 de Agosto, este hotel cobra 79 euros por quarto, podendo os fãs dos U2 ali pernoitar por 45 euros, o preço normal da época baixa.

Também na Lousã, no centro histórico, o hotel de charme Meliá Palácio já tem poucas vagas disponíveis, segundo o promotor comercial, Paulo Mendes.

O antigo Palácio dos Salazares, que no século XIX foi a residência da Viscondessa do Espinhal, dispõe de 46 quartos.

“Houve uma procura bastante significativa para esse fim de semana”, declarou Paulo Mendes.

No Meliá Palácio, o preço habitual de um quarto “standard” é de 100 euros, subindo para 127 euros nos primeiros dias de Outubro.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.