Carros furtados de garagens em Castelo Branco

Cerca de duas dezenas de veículos foram esta noite vandalizados e alvo de furto em duas garagens coletivas de prédios de habitação em Castelo Branco, disse à Lusa fonte policial.

Em pouco mais de duas semanas sobe para pelo menos 80 o número de veículos envolvidos numa onda de assaltos a garagens no distrito.

Segundo o subintendente Abel Gomes, comandante da PSP em Castelo Branco, trata-se de “um pico de criminalidade, fora do normal” e há elementos da equipa de investigação dedicados exclusivamente à situação.

Esta noite os crimes ocorreram em duas garagens em prédios junto à Rotunda Europa e, tal como nos casos anteriores, os proprietários só deram conta dos estragos pela manhã, quanto se dirigiram para os veículos.

Cerca de 20 viaturas ligeiras particulares tinham vidros partidos e o interior remexido, tendo sido furtados GPS, computadores portáteis e cartões de crédito.

Gilberto Martins, um dos moradores que encontrou o carro vandalizado pela manhã, refere que quem praticou os crimes “levou o que estava à mão”.

Nalguns carros havia carroçaria danificada, com portas forçadas, e noutros apesar dos vidros partidos e de haver vários bens, nada foi levado.

Aquele morador disse que se sente inseguro com a dimensão dos assaltos nas últimas semanas e, segundo referiu à agência Lusa, os condomínios da zona vão reunir-se para estudar a implementação de medidas de segurança adicionais.

“Hoje foram as garagens, amanhã podem ser as nossas casas”, receiam os moradores.

O comandante da PSP apela à população para que mantenha as portas dos prédios bem fechadas, “pois na maioria dos casos dão acesso às garagens”, assim como devem verificar que os portões das garagens estão também fechados.

Para a polícia, “este é um crime de difícil investigação”, refere Abel Gomes, solicitando que os residentes transmitam toda a informação de que disponham à PSP.

Em pouco mais de duas semanas, a PSP de Castelo Branco registou 28 crimes de furto e danos em veículos estacionados em garagens coletivas de prédios de habitação, a que se juntam cerca de 20 esta noite, referiu o comandante.

No mesmo período, outros 22 veículos foram vandalizados e alvo de furto na garagem de outro prédio no Fundão e outras 10 ocorrências semelhantes foram registadas na Covilhã.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.