Fábrica Aquinos em Tábua com falta de mão-de-obra

Arquivo

A fábrica Aquinos, em Tábua, a maior fabricante de sofás na Península Ibérica, com 650 trabalhadores e uma produção anual de 780 mil lugares, está com dificuldades em recrutar trabalhadores, disse o administrador da empresa.

“Admitimos no último ano 280 trabalhadores, mas precisamos de mais e estamos com dificuldade em encontrar pessoas disponíveis”, afirmou Carlos Aquino, responsável pela fábrica que está instalada na região Centro, que teve uma taxa de desemprego de 14,1 por cento em Junho, segundo dados do Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Carlos Aquino aponta os programas de apoio ao desemprego como a principal causa da situação, porque “as pessoas preferem estar nesses programas a ter um emprego. Neste momento podemos dizer que estamos com falta de mão-de-obra”, afirmou o responsável à Lusa.

Segundo o empresário, “as pessoas da região não têm uma cultura industrial e, por exemplo, não querem trabalhar por turnos”, o que faz “com que o retorno do investimento seja muito mais demorado”, adiantou.

Fábrica de colchões

em construção

A empresa está a construir uma nova fábrica de colchões, a Novaqui, que “será a mais avançada do mundo em tecnologia e estará em funcionamento em Julho de 2011”, disse Carlos Aquino.

A Novaqui implicará um investimento de 23 milhões de euros e foi considerada como um Projecto de Interesse Nacional (PIN) devido precisamente à sua componente tecnológica. Esta nova unidade “irá produzir seis mil colchões por dia e vai empregar mais 125 pessoas”, adianta o empresário.

“Não temos problemas de vendas porque já temos acordos celebrados, mas temos problemas de produção”, afirma Carlos Aquino, adiantando que a aposta da empresa será “cada vez mais em tecnologia, porque a mão de obra não resolve os nossos problemas”.

Outra das inovações apontadas pelo empresário foi a recente abertura de um armazém inteligente, com capacidade para 30 mil sofás, o que no seu entender faz a diferença com outras empresas do ramo. “Não há na Europa nenhuma empresa com esta capacidade”, garantiu.

O novo armazém, totalmente informatizado, foi inaugurado em Abril pelo primeiro-ministro, José Sócrates, que na ocasião elogiou “a atitude de confiança” demonstrada pela empresa.

36 Comments

  1. É só fachada essa grupo! É normal que não haja pessoas para trabalhar durante o dia quanto mais por turnos! Com as condições que oferecem e com a miséria de ordenados que pagam aos funcionários…já para não falar de alguns funcionários que eles próprios despedem. Admitem quem não percebe nada do assunto e despedem quem sabe e quem sempre os ajudou…com uma politica assim não vão longe.

  2. haa….e não parece que tenham problemas de produção. Se despediram à pouco tempo um dos melhores directores de produção com 10 anos de casa que já alguma vez lá tiveram.

  3. Um dos melhores directores!!! haa….haa…essa é boa.

  4. Não vão agora lavar roupa aqui pois não senhor serrano e dona fofinha ?

  5. o grupo AQUINOS se mantem a politica do ordenado minimo e nao compensa os colaboradores que se esforçam por colaborar com a empresa baixam de certeza a
    produçao.
    as condiçoes de tabalho nao sao as melhores,mesmo depois de investimento de tantos euros.
    tenho familiares que trabalham la e todos se queixam do mesmo:pouco dinheiro e muito trabalho.

  6. haa….haaa? Pelo que sei desde que esse director se foi embora a produção tem caído em flecha já para não falar nos funcionários que se têm ido embora.
    nem venho aqui lavar roupa suja porque até tenho mais que fazer….estimo bem que eles tenham todos muito sucesso pois até é bom aqui para o concelho…
    só achei piada o facto de estarem a queixar-se da falta de mão de obra…com tanta gente a querer trabalhar 🙂

  7. Comece a oferecer melhores condições e a pagar o que deve ( por exemplo o subs de turno legal) e veja se não aparece quem queira trabalhar. Mesmo que não haja pessoal local, se oferecer boas condições, vão aparecer profissionais de concelhos limitrofes a querer trabalhar.
    Qual o ordenado que está a oferecer?
    Há que oferecer boas condições de trabalho. Se os funcionários se sentirem motivados, vai ver que vai aumentar a produção, diminuir os acidentes, o absentismo…

  8. O problema é que, em média, o salário de um trabalhador é 9 € inferior aos subsídios de desemprego… Quem quer ir trabalhar em turnos se ficar em casa ainda ganha mais… e pode ficar a ver a tv?!?
    Viva Portugal !

  9. Esses senhores são os MÁIORES carago!!!

  10. se é uma boa empresa ou nao isso nao sei.Mas que me fui la inscrever ,fui a intrevista,mas nunca obtive resposta,ainda dizem k têm falta de mao de obra

  11. Causou-me muita vontade de rir o aparecimento de este individuo responsavel da Aquinos na televisao devido a falta de mao de obra que tem na fabrica, esses comentarios que esse senhor faz é propio de chupistas, que so querem enriquecer à custa dos coitados que precisam de traballhar, paguem como deve ser e verão que vao ter a mao de obra que quiserem!, claro que ao ser explorados como esses individuos da Aquinos fazem, as pessoas preferem ficar encostados, ponham la burros a trabalhar ou entao que va para lá esse responsavel da empresa, eu ja me fui inscrever á empresa já faz algum tempo e nunca fui chamado, depois vem estes chupistas dizer que as pessoas nao querem trabalhar, isso é cumulo!! mentirosos e chupistas, é o que essa gente é!!!

  12. viva o trabalho honesto.

  13. Eu moro em Sesimbra, se o ORDENADO for justo e compensador podem contar comigo, alugo aí casa e vou para aí trabalhar, já trabalhei muito mas muito mais longe e não tive problrmas.
    mas se o ordenado for apenas um pequeno subsidio de sobrevivencia , trabalhe voçê a sua familia e leve para lá o Sócrates para ajudar.

  14. BoidoMinho says:

    e que tal mandar um avião sobrevoar o concelho a distribuir flyer´s com o seguinte texto:
    Precisa de dinheiro, venha trabalhar na aquinos!

    Metam mas é mais gente para os escritórios porque é lá que se está bem…ao quente e com bons ordenados para o que fazem.

  15. Estou confuso com o que ouvi no video: eu já me inscrevi duas vezes nessa empresa.
    .(se quiserem os nº da ficha de inscrição é só pedirem)
    Tenho bastante experiência na área de; pintura,lacagens e envernizamentos em madeiras e derivados . E até hoje não recebi um simples telefonema a dizerem que não estavam interessados. Curioso.
    Os meus cumprimentos.

  16. Não será uma desculpa para irem embora para outro lado?
    Ou estarão a chantagear a Câmara a ver se eles lá enterram mais algum?

  17. precisos de trabalho e to despoto trabalhar para senhor aquinos
    sou do fundão mas to despoto aceitar este trabalho

    telemóvel: 967384146

  18. pedro silva says:

    eu ja la fui inscrever me 2 vezes e nunca me chamaram

  19. rui costa says:

    eu nao sou dessa zona , mas tem k trabalha e dar graças a ter um emprego. quem lá estiver k poupe o k tem.

  20. DedoDuro says:

    Não e fácil trabalhar numa zona em que os transportes são precários , e 50% do salário pago ( pouco mais que o mínimo nacional) se destina a habitação, a realidade da zona e que só la trabalha quem reside em casa propia de familiares ou um do cônjuge trabalha fora da fabrica, ou não qualquer formação quer profissional quer académica, pois esses sim devem se estar a referir a esses (os que não querem trabalhar para o sr carlos) se recusam a trabalhar por 500€

  21. biselmax says:

    é interessante,…quase todos os dias põe pessoas andar..ou porque estão grávidas, ou porque não se adaptaram etc etc
    Um conselho os grandes impérios também caem!!!!

  22. Nela Pereira says:

    Assim vejo mais uma mentira inventada por os Senhores Aquinos Sofás que ali naquela empresa só explorão as pessoas pois o interesse deles é numeros e pouco salário caso mesmo ninhum trbalhadore conhece estes empresarios porque eles não dão a cara ao trabalhador mandão os seus capangas gerire aqueles Aviários ao qual esta gente pouco informada como um chefe de produção chamado Pedro de Viseu que tirou o curso de engenheiro como os Advogados copioõs
    Enfim por isso Portugal está na situação que está desfalcado com estas empresas que são dos futuros corruptos que dão falencia em poucos Anos porque aquele espaço de terreno com grandes estruturas é fachada como o Aeroporto de Beja

    Uma observação: Todos aqueles Sofás não são o que se diz porque a sua qualidade nem os Chinos os querem são bonitos por fora e dentro madeira podre e mál pregados e acabados só visto como ali se trabalha eu pergunto que porra é essa de tanta mentira dos Sennhores Aquinos em praça publica Dito

  23. Salvador says:

    Assino tudo por baixo…. tratam as pessoas como números e não como seres humanos!!Mandam embora trabalhadores esforçados e que deram tudo pela empresa.Os que lá ficam querem vir embora porque o ambiente é péssimo!!!
    Capangas lá dentro há muitos..sabem viver, mas na primeira oportunidade também os vão lixar!!Espero para ver
    O primeiro passo para cair é julgar que nunca se cai

  24. Maria João Marques precisa de trabalho para as manhas " limpezas"..

    contacto: 914932782

  25. eu conheço os aquinos esei que em tabua as pessoas nao querem trabalho querem emprego sao caloes e malandros

  26. A culpa dos salarios baixos é do estado e não da empresa. mas se o estado pagasse só 300€ de subsidio de desemprego já ninguém falava assim. davam valor pelo facto de poderem ganhar os 500€ (apesar de ser um salário baixo – culpa do estado). Dou mérito a esta empresa por criar postos de trabalho, mas as pessoas não dão valor nenhum a isso, preferem ficar em casa a viver á custa de que trabalha e desconta. mas quando esta empresa faltar e for abaixo já toda a gente chora. Trabalhem malandros.

  27. Todas as Grandes Firmas,são assim.Mandam embora quem sabe trabalhar para por pessoas que não tem muita experiencia.Só para não por as pessoas efectivas.
    Se pagarem bem saio de Lisboa e vou morar para Tabua..lol

  28. cambada de parvos…..

  29. O sº aquinos pode ser o que for que eu não o conheco mas são estes senhores que dão trabalho e que teêm empresas a funcionar e em conjunto com os seus funcionarios que pagam os rendimentos minimos de quem esta em casa sem fazer nada e lhes pagam as rendas de casa rezem para que estas pessoas não acabem vão trabalhar malandros o trabalho é uma honra .

  30. e sái mais uma resma deles para o desemprego…

  31. Nao é facil trabalhar nos aquinos….eu proprio estive lá a trabalhar durante 3 anos e meio….e é lixado ver pessoas acabadas de entrar nem meio ano de casa fazem e passam á frente quando uma pessoa se esforça e mostra o que vale a trabalhar e o valor nao é nenhum…nao é facil de aceitar isso já para nao falar de aumentos de 5€ uma vez em dois anos mas conpreende-se sao fabricas explorar os empregados uns de papo po ar que sao os mais valorizados e os que trabalham que a recompenssa é mais trabalho…trabalhar sabados..é dar pao a malucos porque para receber 15 euros a quem mora quase 20 km e mais descontos nao brinquem….tirarem ferias e escolherem á maneira deles…que é isso….so veem numeros…por dia de sofas…e os empregados nao veem assim tantos numeros ao fim do mes…mas compreende-se é portugal…e quanto a falta de trabalhadores a culpa…é do sistema de organizaçao da empresa…porque ser explorado e trabalhar o dobro e nao ser recompenssado…ninguem quer quer trabalhar quase de borla??ali quase se paga para trabalhar so falta isso…chefes que parecem caes atras de uma pessoa…so falta chicote nem todos sao assim…mas é como tudo.há bons e pessimos…falsos entao nem se fala já para nao falar que há mais na mama do que a trabalhar…sim…mais inguinheiros…e chefes do que sofas por dia…ehehehh…é lixado…ser explorado…é miseravel…num bloco de reproduçao nem refeitorio há….e falam em impresas avançadas…uma pessoa ate pode tar a trabalhar e partir um braço mas tem outro para trabalhar nao é assim….??enfim…é portugal…..ehehehehe…um abraço para os que lá ficaram nessa batalha….e teem de comer e calar….

    • Tugolandia says:

      Realmente é triste este Portugal….. Acredito que as empresas tenham dificuldades em suportar custos de funcionamento e funcionários ainda mais nesta conjuntura mas os empresários deste país esquecem-se que as pessoas trabalham para VIVER . Quando trabalham apenas para sobreviver e sem perspectivas reais de evolução é obvio que o moral / produtividade não é a melhor o que não é bom para nenhuma das partes.

      O valor dos salários têm de ser analisado com bom senso pois ao preço que estão os bens e serviços corre-se o risco de pagar para trabalhar.

      Tenho dito…. a competitivade não se faz a custa dos baixos salários dos funcionários. penso eu de que………

  32. casal desempregado precisa de emprego urgente

  33. Olá bom dia chamo-me Sandra, eu o meu companheiro andamos há procura de emprego em Tabua ,mais informações deixo aqui o meu email—————————sandragodinhoferreira@gmail.com—————–nº de telemovel 939093443

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.