Do sótão se fez… luz!

Posted by

Os técnicos da José Vitória arquitectura ultrapassaram com êxito as limitações impostas pelas regras do loteamento, assinando uma solução de qualidade.

Os arquitectos da empresa recorreram às memórias da infância na abordagem ao local em que se arruma o baú das recordações e que é, também, o espaço de abrigo dos fantasmas…

Ora, tal “cenário” revelou-se um fantástico ponto de partida para o projecto em que foram utilizados materiais mais “tradicionais”, nomeadamente a madeira.

Onde não foi possível a instalação do soalho, os técnicos optaram por uma solução de pavimento com base de contraplacado de madeira e quase um centímetro de madeira nobre.

A estabilidade conferida à madeira pela base de contraplacado marítimo, segundo os técnicos da aveirense José Vitória arquitectura, permite larguras e profundidades de madeira muito superiores ao habitual.

Por outro lado, a própria selecção da madeira residiu no carvalho francês, tal como é cortado da árvore “com os nós à vista a assumidos na peça”.

A madeira foi colada ao piso, de modo a garantir maior estabilidade e mais conforto ao andar.

A solução foi fornecida pela firma Impar SA, que optou pelo sistema Duet-wood, que se revela interessante para quem não morre de amores pelos pisos flutuantes e ainda menos pelos estratificados.

A dimensão da clarabóia e das janelas contribuíram, também, para o êxito do projecto da José Vitória arquitectura.

Com o distrito de Aveiro, como núcleo da actividade, particularmente em Aveiro, Ílhavo e nos municípios vizinhos, a empresa inscreve o prestígio e dignificação de trabalho do arquitecto na actividade do dia-a-dia.

O trabalho de equipa e uma estrutura ajustada às exigências de cada projecto são outros dos argumentos da empresa que, de modo a garantir elevado nível e rigor técnico, complementa a estrutura interna com consultoria externa.

O diálogo com outros arquitectos é também uma prática na José Vitória arquitectura, cujos quadros integram profissionais motivados e com espírito aberto a novas soluções.

“Indiferentes a modas e estéticas rapidamente ultrapassáveis”, os técnicos da empresa estabelecem um fio condutor em todos os trabalhos, “tentando fundamentar-se numa base teórica”.

Habitações, quer colectivas quer individuais (moradias) passando por edifícios de serviços, equipamentos, loteamentos, e empreendimentos imobiliários são algumas das áreas em que a empresa regista sucesso e rentabilidade.

A procura da qualidade e inovação permanentes, a originalidade dos projectos desenvolvidos e a preocupação com imagem pretendida pelos clientes, estão entre os objectivos da empresa.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.