Avaliações individuais da Académica

Foto de Carlos Jorge Monteiro

Peiser – Teve pouco trabalho, mas, sempre que foi chamado a intervir esteve muito seguro – tal como aconteceu na resposta a remate de Jorge Gonçalves (26’). Viu a bola entrar na sua baliza, com apenas duas defesas em 90 minutos. Nota 5

Pedrinho – Voltou a ser muito activo, tanto a defender como a atacar. Nota 6

Orlando – Bem a defender e ainda teve tempo para um cabeceamento com perigo. Nota 6

Berger – O austríaco é sempre um dos melhores elementos da defesa. Não sabe jogar mal. Nota 6

Hélder Cabral – Entrou mal, mas rapidamente se impôs e justificou a opção. Nota 5

Nuno Coelho – Na semana em que foi chamado à pré-convocatória da Selecção, voltou a ser um esteio no meio-campo. Já não surpreende ninguém. Nota 6

Diogo Melo – Muito combativo no meio-campo, mas saiu em detrimento de mais criatividade. Nota 5

Diogo Gomes – Fez o golo que, aparentemente, dava os três pontos, numa altura em que poucos já davam por ele. Ainda não está na forma ideal. Nota 7

Diogo Valente – Foi um dos mais esclarecidos na 1.ª parte, mas esteve menos bem no 2.º tempo. Nota 5

Sougou – Dos mais esclarecido da Académica. Os estudantes não venceram, mas não foi culpa sua. Nota 7

Miguel Fidalgo – Cabeceou, ao lado, aos 53’. Noite muito diferente do jogo da Luz. Nota 3

Júnior Paraíba – Na luz jogou pouco e bem. Hoje entrou mal e, num momento de inspiração, deu o golo a Diogo Gomes. Nota 4

Laionel – Entrou para a direita do ataque, onde Sougou tinha estado muito activo, mas as diferenças foram notórias. Hoje não foi o herói. Nota 2

Éder – Regressou aos relvados e fez o penálti que deu o empate ao Olhanense. Resta saber se houve ou não motivo para o penálti… Nota 1

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.