Festival de Teatro Clássico começa amanhã

Posted by

A peça “Hipólito”, de Eurípedes, marca amanhã, em Coimbra, o arranque do XII Festival Internacional de Tema Clássico, que compreende mais de duas dezenas de espectáculos no país e no estrangeiro.

Apresentada em antestreia, a dramatização de “Hipólito” pelo Grupo Thíasos, do Instituto de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras de Coimbra (FLUC), tem a particularidade de reunir “um núcleo importante de brasileiros”, que estudam nesta universidade, disse Delfim Leão, presidente da direcção da FESTEA, associação promotora do festival.

A tragédia de Eurípedes é apresentada no Teatro Paulo Quintela, na FLUC, com entrada livre. A peça tem encenação de Carlos Jesus e direcção de actores do brasileiro Cláudio Castro Filho, sobre tradução de Frederico Lourenço, estreando a 5 de maio no Museu Nacional Machado de Castro.

O festival, que se prolonga até 18 de Julho, continua a apostar na descentralização, com espectáculos, por grupos portugueses e espanhóis, em museus e espaços arqueológicos em Coimbra, Conímbriga, Luxemburgo, Lisboa, Sintra, Viseu, Braga, Santiago da Guarda e Fundão.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.