Centro de Saúde Fernão de Magalhães com menos quatro médicos

A Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) prescindiu de cinco médicos aposentados que prestavam serviço no Centro de Saúde Fernão de Magalhães e cujo contrato terminou ontem. As consultas agendadas para hoje foram desmarcadas e não há para já data prevista para a substituição dos médicos.

“Os contratos dos médicos aposentados não serão renovados em virtude de estar prevista, em breve, a colocação de quatro médicos, decorrente do concurso de mobilidade já terminado, já se encontrando em funções uma médica desde abril”, esclarece a ARSC em nota enviada ao DIÁRIO AS BEIRAS.

“São cinco médicos a menos, seis mil utentes afetados”, denuncia Gonçalo Almeida, da comissão de utentes do Centro de Saúde Fernão de Magalhães. “Por um capricho político os utentes são prejudicados”, considera.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.