Câmara de Oliveira do Hospital culpa EDP por falhas na água

Arquivo – Luís Carregã

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Hospital, José Carlos Alexandrino, acusa a EDP de fazer uma intervenção, “sem aviso prévio”, que está a causar constrangimentos no fornecimento de água à população. As falhas têm sido resolvidas com recurso a camiões cisterna.

“Esta intervenção da EDP, feita sem qualquer aviso prévio, teve um impacto muito negativo na Estação de Tratamento de Águas (ETA) que abastece três concelhos e tem-se registado um grande aumento da turvação na água bruta, condicionando por isso a capacidade de produção de água”, afirma o autarca numa nota enviada ontem ao DIÁRIO AS BEIRAS.

A referida intervenção ocorreu no domingo passado, a montante da ETA da Senhora do Desterro.

Pode ler a notícia na íntegra na edição de hoje, 8 de agosto, do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.