PCP denuncia problema ambiental e de saúde pública na Vala Real em Mira

O Partido Comunista Português afirmou que existe um problema ambiental e de saúde pública nas descargas de efluentes na zona em redor da Vala Real, no concelho de Mira, e exigiu medidas urgentes das tutelas.
Ontem, em visita ao local, a deputada comunista Ana Mesquita deu razão às queixas da população que tem vindo a denunciar “sucessivas descargas de efluentes” que estão a contaminar os terrenos agrícolas em redor da Vala Real (que atravessa os concelhos de Cantanhede e Mira).
A deputada refere que se trata de “uma questão ambiental grave que denuncia a insuficiência da rede”. A Estação de Tratamento de Águas Residuais estará sobrecarregada com o tratamento de efluentes que extravasa a sua capacidade. Anteriormente, o tratamento de efluentes era processado quer no hospital Rovisco Pais, quer numa unidade industrial de produção de leite, ambos localizados na freguesia da Tocha, que passou a ser “acumulado no mesmo local de tratamento”, afirmou.

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    A direita não liga a estas minudências de natureza ambiental… Denunciar situações desta natureza não é de todo coisa digna de um bom militante ou simpatizante de direita…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.