Jerónimo de Sousa critica atuação do Governo no apoio às populações afetadas pelos incêndios

Posted by

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, criticou hoje a atuação do Governo no apoio às populações afetadas pelos incêndios de outubro de 2017, considerando que, nove meses depois, se está na “estaca zero”.

Para o líder comunista, “não há progressos significativos”, considerando que, no terreno, ainda se está “num quadro mais de demolição do que de construção”, referiu Jerónimo de Sousa, que visita hoje vários locais afetados pelos incêndios de outubro de 2017.

“Tendo em conta aquilo que aparece anunciado – de milhões e milhões de euros para acudir a estas situações – aqui, passados nove meses, podemos dizer que estamos na estaca zero”, frisou.

Jerónimo de Sousa, que falava aos jornalistas em Treixedo, aldeia de Santa Comba Dão, considera que há uma “contradição” entre “anúncios de pompa e circunstância de combate à desertificação, de políticas de apoio ao interior e depois não se responder” a problemas concretos no terreno.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.