Académica – Onze deve manter-se na estreia oficial

FOTO DB / ARQUIVO PEDRO RAMOS

Carlos Pinto não deve promover grandes surpresas no jogo de estreia da Taça da Liga, amanhã, frente ao Leixões.

Finda a pré-época, há alguns jogadores que parecem arrancar na linha da frente para a titularidade. Carlos Pinto tem deixado indicações claras de que há um “onze” praticamente definido e não deve agora inverter o rumo traçado nos jogos de preparação.

Que a Académica vai jogar em 4-4-2 na esmagadora maioria das partidas, não há grandes dúvidas. O que não é garantido é os elementos que farão parte desse esquema.

Ainda assim, Peçanha será, a menos que se lesione, o guardião titular durante a época, sem qualquer tipo de surpresas.

Na defesa, o reforço William Soares entrou que nem uma luva no “onze” e tem demonstrado enorme qualidade. Para já, é “Soares e mais três”.

Nas alas, Mike não tem concorrência, por enquanto. E Nélson Pedroso, que viu chegar Joel Ferreira para discutir o lugar, parece levar, para já, vantagem.

O último a chegar foi Brendon, mas com Zé Castro ainda fora de ritmo, parece que o brasileiro vai começar a época a titular.

Notícia completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.