“O Deus da Carnificina” em cena no Convento São Francisco

Posted by

Sucesso em muitos palcos do mundo e também no cinema, com as interpretações marcantes de Jodie Foster, Kate Winslet, Christoph Waltz e John C. Reilly, num filme dirigido por Roman Polanski, em 2012, “O Deus da Carnificina”, texto de Yasmina Reza chegou agora à cena com tradução portuguesa, versão e encenação de Diogo Infante. O espetáculo – no qual Diogo Infante contracena com Jorge Mourato, Patrícia Tavares e Rita Salema – estará em cena, no Grande Auditório do Convento São Francisco, em Coimbra, este sábado, pelas 21H30.

A partir do tema, aparentemente prosaico, de uma “bulha” entre dois miúdos, a autora explora, com ironia e humor, as grandes fragilidades humanas. Em cena, dois casais, adultos e aparentemente civilizados, encontram-se para resolver um incidente protagonizado pelos seus filhos menores. De acordo com nota da produção, “O que é verdadeiramente sedutor neste confronto é a progressão paradoxal do encontro dos casais. Há uma certa sofisticação na forma como o encontro decorre na tentativa de apurar responsabilidades na luta física que ocorreu entre os respetivos filhos, dois jovens de 11 anos”. O tema da peça é, necessariamente, refere ainda a nota “a hipocrisia, ou se preferirmos, a dupla moral e de como perspetivas éticas se mostram flexíveis para defenderem certos interesses. O que é curioso é que toda esta dimensão ética e política é colocada neste texto em termos profundamente cómicos”. “O Deus da Carnificina” é, por isso, “uma comédia, mesmo que o riso tenha como fronteira a dor que sempre sentimos, quando constatamos a nossa fragilidade humana”.

“O Deus da Carnificina”, sublinham os responsáveis pela produção portuguesa, é mais um exemplo de sucesso da autora Yasmina Reza. A peça escrita para quatro atores talentosos e empáticos, arrecadou diversos prémios pelo mundo inteiro: O prémio Laurence Olivier, na categoria Best New Comedy na sua montagem em língua inglesa, realizada em Londres, em março de 2008. E o prémio Tony Awards nas categorias Melhor Peça, Melhor Encenação e Melhor Atriz, na Broadway, são disso bons exemplos.

A partir do texto de Yasmina Reza, o espetáculo que amanhã estará em cena em Coimbra, no Convento São Francisco, tem tradução, versão e encenação de Diogo Infante. Em palco, Diogo Infante, Jorge Mourato, Patricia Tavares e Rita Salema interpretam “O Deus da Carnificina”, que conta ainda com cenografia e adereços de Catarina Amaro, desenho de Luz de Tânia Neto, espaço sonoro de Rui Rebelo, assistência de encenação de Isabel Rosa e direção de produção de Ana Rangel e Miguel Dias, numa coprodução Teatro da Trindade INATEL e Plano 6.

Destinado a um público a partir dos 12 anos, o espetáculo tem a duração aproximada de 45 minutos. O preço dos bilhetes é o seguinte: cadeiras de orquestra e 1.ª plateia – 10 euros, 2.ª plateia – oito euros, balcão – entre cinco e oito euros. Há descontos para estudantes, menores de 30 anos, maiores de 65 anos e grupos a partir de 10 pessoas.

Informações: 239 857 191, bilheteira@coimbraconvento.pt.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.