Sete Restaurante faz sucesso no centro histórico de Coimbra

Reside num cantinho discreto da antiga rua das Figueirinhas, ao lado da Igreja de Santa Cruz, um dos espaços mais populares da Baixa de Coimbra. Aberto há mais de um ano, Sete Restaurante é já uma das referências da zona histórica no que ao campo gastronómico diz respeito.
Ao ambiente intimista e à agradável decoração alia-se a excelência da gastronomia portuguesa. Ali, a cozinha tradicional é reinventada com frescura e criatividade, à imagem da jovem equipa que dá vida ao projeto.
Hoje, mais do que os locais, são os turistas estrangeiros que justificam o sucesso do negócio que, apesar de ser recente, reúne já bastante consenso nas plataformas online como o Tripadvisor. No site, entre as mais de 430 avaliações, 69 por cento avalia como “Excelente” – máxima pontuação – o serviço do restaurante.

Estrangeiros encantados
com a experiência
“O balanço deste ano e três meses de atividade é muito positivo. A aposta tem-se revelado acertada. Prova disso é que muitos dos nossos clientes estrangeiros pedem-nos para abrir um restaurante no seu país e alguns, que vêm do Porto ou Lisboa, já têm conhecimento da nossa existência”, conta Dionísio Ferreira, chef do espaço e coproprietário do negócio, que partilha com Pedro Patusco e Paulo Pechorro. Ao DIÁRIO AS BEIRAS, o empresário, natural de Moçambique, explica que o conceito, assente nos sabores e técnicas portugueses, “procura dar um toque de frescura e modernidade aos pratos típicos”, confecionados com rigor e paixão.
Com capacidade total para 40 pessoas, o espaço oferece, também, uma pequena esplanada, com apenas duas mesas, mas muito requisitada pela altura do verão. Entre os pratos mais populares, a que se juntam as sugestões vegetarianas e uma vasta carta com mais de uma centena de vinhos, destacam-se o bacalhau, o arroz de sardinha e o borrego, que, neste último ano, têm encantado os apetites da fiel clientela.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.