Publicação de arte sacra promove património

Posted by

FOTO DR

Um livrinho de 30 páginas – cujo conteúdo está estruturado ao ritmo do calendário de 2018, associando a cada mês uma foto a cores de um artigo de joalharia das igrejas do concelho – foi ontem lançado em Condeixa-a-Nova.

A publicação traça uma ponte entre diferentes épocas históricas no concelho, desde o tempo do Império Romano, de que é em Conimbriga que resta o mais importante espólio do país, até às igrejas e capelas da Unidade Pastoral de Conimbriga, do século XVI. Daqui resultou o designado “Calendário Almanaque” para 2018, dedicado à arte sacra.

O presidente da câmara, Nuno Moita, destaca “o elevado valor das peças mostradas”, acrescentando que “é mais um contributo para o levantamento do património do concelho, especialmente na envolvência de Conimbriga”.

Trata-se de mais um contributo para a candidatura deste património à UNESCO.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.