Leitura da água é cada vez mais em tempo real

Posted by

FOTO DB/LUÍS CARREGÃ

Em 2006, a rede de águas do concelho tinha perdas médias de 35 por cento. E as leituras de consumo eram feitas de dois em dois meses. No ano passado, o desperdício baixou para 23 por cento. E a instalação de contadores com sistemas de medição à distância permitiu, em 2017, mais de 150 mil leituras por dia.

Está a ser um êxito a instalação do sistema de telemetria, nas Águas de Coimbra. Em outubro de 2016, a administração anunciou a primeira fase, que contemplou um total de 6.674 clientes dos núcleos residenciais de Celas, Conchada, Rua do Cidral, Quinta da Maia, Alta e Baixa. Trata-se de um setor crítico da cidade, onde o desperdício de água foi, na altura, contabilizado em 15% de perdas.

Com a telemetria, passaram a ser feitas, em média, 22 leituras de contador, por dia. Isso permitiu detetar consumos anormais (devido a fugas em torneiras ou autoclismos, por exemplo) e, assim, avisar os clientes – cerca de uma centena foram, aliás, contactados nesse sentido, desde abril último.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*