Machado quer turbo-rotunda na zona do Almegue

Posted by

PSD e Somos Coimbra mantiveram, ontem, um curioso “braço de ferro” pela liderança da oposição, no executivo municipal de Coimbra. Aproveitando o período de antes da ordem do dia da primeira reunião pública do novo mandato, os vereadores de ambas as bancadas não pouparam nas reclamações.
Assim, por parte de Somos Coimbra, o vereador José Manuel Silva abriu hostilidades com críticas ao website da câmara, que é tudo menos user friendly e, ainda por cima, exibe com frequência mensagens como “Ups, ocorreu um erro” ou, pior, encaminha o utilizador para páginas infetadas por vírus. De seguida, o antigo bastonário da Ordem dos Médicos apresentou uma moção que reclama a construção de um novo estabelecimento prisional fora da área urbana da cidade.
A seu lado, a colega de bancada Ana Bastos recuperou a polémica em torno da nova rotunda do Arnado – onde, curiosamente, esta especialista universitária em mobilidade admite que não tem identificado “congestionamentos de maior”. Mas, para a vereadora, isso não é mérito da capacidade de escoamento mas “efeito da redução de tráfego na cidade”, que se deve quer às “consequências da crise económica” quer à “atitude preventiva” dos condutores.
Defendendo a instalação, em Coimbra, de um sistema integrado de gestão de trânsito, centralizado na câmara, que permita intervenções atempadas, Ana Bastos lamentou que a cidade, “na área do trânsito e transportes, seja tudo menos uma smart city”.
Estas posições (sobre a Penitenciária e a rotunda) mereceram a concordância de Paulo Leitão. Com o novo líder concelhio do PSD sentado na sala, o vereador lembrou, depois, os “atos de violência extrema”, recentemente registados, e reclamou uma “reunião de urgência do presidente da câmara com a PSP e a Polícia Municipal, no sentido do reforço de meios e ativos policiais durante a noite, em locais de diversão noturna e espaços públicos”.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*