Conta solidária de Arganil já conseguiu mais de cinco mil euros

Posted by

A Câmara de Arganil angariou já 5.387,65 euros na conta solidária criada e gerida pela autarquia após os incêndios do dia 15, anunciou hoje o município.

Em comunicado, a Câmara disse que, por “questões de transparência e rigor, divulgará semanalmente o valor em saldo da conta solidária de apoio às vítimas dos incêndios”.

A autarquia anunciou também a realização da exposição “Pintura Solidária”, uma iniciativa da Editorial Moura Pinto que chega a Arganil pela mão do artista Carlos da Capela e do presidente daquela associação, Carlos Maia Teixeira. O evento tem a colaboração da Câmara Municipal de Arganil.

“O que faz desta exposição algo muito especial é o facto de o valor da venda dos quadros reverter inteiramente a favor das comunidades afetadas pelos recentes incêndios que destruíram 92% da área florestal do concelho de Arganil, destruíram casas e levaram várias pessoas à morte”, diz uma nota de imprensa.

A exposição abre hoje, às 16:00, na Biblioteca Municipal de Arganil – Miguel Torga.

“Composta por 18 quadros de vários artistas ligados ao ATELIER 26, no Porto, a exposição vai estar patente em dois locais distintos: Biblioteca Municipal de Arganil – Miguel Torga e Biblioteca Alberto Martins de Carvalho, em Coja”, acrescenta.

Cerca de 70% a 80% da Mata Nacional da Margaraça, classificada como Reserva Biogenética do Conselho da Europa, ardeu em Arganil no incêndio do dia 15.

A Margaraça era uma floresta caducifólia, composta, nomeadamente, por carvalhos, castanheiros, azevinhos, loureiros e freixos, registando-se ainda algumas espécies de orquídeas no seio desta mata nacional.

Grande parte dos principais pontos turísticos do concelho arderam ou ficaram afetados com as chamas, como foi o caso da Fraga da Pena, situada em paisagem protegida da serra do Açor, que tem uma queda de água de 19 metros.

Também 60 casas de primeira habitação ficaram destruídas, assim como 40 de segunda habitação.

No concelho de Arganil, contabilizaram-se quatro vítimas mortais na sequência daquele incêndio, de acordo com informação da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*