Chamas destruíram pavilhão de fábrica têxtil em Vodra (Seia)

Posted by

O incêndio que lavra no concelho de Seia, no distrito da Guarda, destruiu hoje o pavilhão de uma fábrica têxtil na localidade de Vodra, disse o presidente da Câmara Municipal à agência Lusa.

Segundo o autarca Carlos Filipe Camelo, as chamas atingiram a antiga fábrica têxtil Vodratex e destruíram um pavilhão “dos mais antigos”.

O presidente da autarquia de Seia admitiu que os danos causados pelo fogo não irão comprometer o funcionamento da unidade fabril.

Pelas 16:45, Carlos Filipe Camelo disse à Lusa que o concelho de Seia registava dois incêndios. Um que teve início na zona de Sabugueiro e que avançava para o vizinho município de Gouveia, e outro na zona de Folhadosa que, naquela hora, estava a “levantar muitas preocupações” aos bombeiros e aos meios de proteção civil que se encontravam no terreno.

O autarca disse ainda que as chamas não atingiram habitações no seu concelho.

Segundo a página na internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), pelas 17H05 o incêndio que começou pelas 06:03 no Sabugueiro estava a ser combatido por 292 operacionais e 88 veículos.

O incêndio, que está ativo com três frentes, avança numa zona de mato, segundo a mesma fonte.

O outro fogo rural no concelho de Seia começou em Sandomil, pelas 10:26, e está a ser combatido por 122 homens e 37 veículos.

O incêndio com quatro frentes ativas levou ao corte da Estrada Nacional 17, segundo a ANPC.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.